Senhoras e Senhores Deputados.

Faço uso desta tribuna para fazer um apelo, à nação brasileira que ainda e apenas por enquanto, é uma nação FAMILIA!

Minha denuncia é grave. É sobre a militância LGBTT pra quem sou obrigado a “tirar o chapéu” pela estratégia, pela força e pelos apoiamentos que possuem que, respaldados em ALTOS IDEAIS de direitos humanos, não a violência e sim a cidadania, conseguiram notoriedade, espaço privilegiado junto ao GOVERNO, aos intelectuais, artistas e mídia em geral, incluindo a mídia desta Casa que, tenho quase certeza, não divulgará este discurso e se eu estiver errado que me desculpem. Como eu disse é uma denuncia grave.

Trata-se de uma CONSPIRAÇÃO! Sim senhoras e senhores! Uma conspiração contra o certo, contra a família, contra a continuidade da existência humana!

O assunto é angustiante, desconfortável, gera mal estar, mas alguém precisa falar. Acredito que cerca de 80% dos parlamentares desta Casa são contra as ultimas decisões do STF e STJ sobre a união estável e do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, e por se tratar de assunto deplorável a não manifestação desta Casa deu à MAIS ALTA CORTE, o direito de se pronunciarem, dando parecer favorável , mas não unanime sobre o assunto. Em meu pensamento deveriam os magistrados ter agido como o fez os magistrados franceses, que disseram que tal assunto era de competência do PARLAMENTO, era assunto sim de interesse do povo pois toca em seus costumes, pensamentos, afinal o Parlamento foi eleito pelo povo, e o POVO É SOBERANO!

Quando criança, na escola dominical a professora contou a seguinte história: o diabo queria entrar no céu, bateu a porta, e, atendido por um bondoso anjo tentou entrar. O anjo fechou a porta abruptamente, mas a mão do diabo havia entrado. Gritando de dor, o anjo por sua natureza bondosa abriu a porta para que ele retirasse a mão, mas o infeliz colocou o braço todo, o anjo então fecha mais uma vez a porta e o gatuno grita novamente, alegando que seu braço seria arrancado, o anjo abre a porta para ele tirar o braço então ele entra de corpo todo. Moral da história se der mão quer o braço, se der o braço quer o corpo.

Dois meses atrás A UNIÃO ESTAVEL, semana passada O CASAMENTO CIVIL, ontem no seminário ESCOLA SEM HOMOFOBIA foi pedido: EVITAR DISCRIMINAÇÕES DE GENERO E DIVERSIDADE SEXUAL EM LIVROS DIDATICOS E PARADIDATICOS UTILIZADOS EM ESCOLA, ou seja, caberá ao MEC só aceitar materiais de editoras que, ou não coloquem a figura família PAI e MÃE e FILHOS, ou incluir-se-a DUAS MULHERES OU DOIS HOMENS DE MÃOS DADAS E A FIGURA DE UMA CRIANÇA; semana que vem na Comissão de Seguridade Social e Familia a votação do projeto que da ao PARCEIRO HOMOSSEXUAL O DIREITO AO PENSIONATO. Na justificativa do Seminário ESCOLA SEM HOMOFOBIA, esta escrito: A conferencia Nacional LGBT de 2008 aprovou 561 recomendações políticas públicas para LBGT entre as quais passo a destacar:

– 1.1.2 – Inclusão da População LBGT em programas de alfabetização nas escolas públicas (cota para professor homossexual);

– 1.4.6 – Distribuição de livros para bibliotecas escolares com a temática diversidade sexual para o público INFANTO (até 10 anos) JUVENIL (10 aos 15 anos);

– 1.2.33 – Cria bolsa de estudo que qualifique os profissionais travestis e transexuais:

– 1.1.5 – Cursos de pós-graduação sobre diversidade sexual; num País onde 35% de seu povo é considerado analfabeto (não apenas porque não sabe ler e escrever, mas quando consegue ler – não sabe localizar a noticia no tempo e no espaço;

– 1.2.3 – Classificar como inadequadas para crianças, obras com conteúdos homofóbicos (bíblia por exemplo);

– 1.2.15 – Legalizar o Direito do Casal Homossexual de adotar filhos / com registro feito em nome do casal; (termo mãe e pai desaparecerá);

-1.2.10 – Presidios Especiais para a População LGBT;

– 1.3.35 – Criação de Selo nacional para empresas que apóiam ou estimulam os LBGT;

– 1.2.18 – Atenção Domiciliar humanizada aos idosos LGBT;

– 1.2.28 – Profissionalização da PopulaçãoLGBT (Programa Primeiro Emprego Gay);

– 1.3.42 – Implementação do programa viaja mais diversidade (Turismo LGBT);

– 2.1.9 – Reforma Agraria para a população LBGT ;

– 1.2.30 – Estimular o acesso de jovens LGBT nas ofertas de estágio remunerado;

– 1.1.6 – Cursos sobre os direitos da População LGBT;

– 1.2.31 – Capacitação Profissional para Travestis e Transexuais;

– 1.1.16 – Direitos sexuais e reprodutivos para a população LGBT;

– 1.2.4 – Controle Social junto as Redes de TV, com proibição de piadas LGBT;

– 1.4.10 – Promover pesquisa sobre homofobia ambiental;

Junto ao Conselho Federal da OAB, a comissão especial de Diversidade sexual, no seu anteprojeto propõe:
Cap XVI – Dos Crimes
Art . 100 – Pai não pode ensinar ao filho sobre orientação sexual; padre, pastor não podem ensinar seus fiéis sobre esse assunto – pena de 2 a 5 anos de reclusão;
Art. 102 – Empregador ao não contratar um LGBT – pena de 1 a 3 anos de reclusão, agravando em um terço se for cargos públicos;
Art. 103 – Qualquer estabelecimento comercial que pedir para que DOIS HOMENS NÃO SE BEIJEM PUBLICAMENTE ALI – pena de 1 a 3 anos de reclusão;
Cap. XVII – Políticas Públicas
Art. 106 – Paragrafo IV – ELIMINAÇÃO DOS OBSTÁCULOS HISTÓRICOS, SOCIOCULTURAIS E INSTITUCIONAIS QUE IMPEDEM A REPRESENTAÇÃO DA DIVERSIDADE SEXUAL NAS ESFERAS PÚBLICA E PRIVADA : FAMILIA, IGREJA ?

Faço um apelo aos parlamentares desta Casa, em especial à Frente Parlamentar Evangélica – Na pessoa de seu Presidente Deputado João Campos, à Frente Parlamentar Católica – Na pessoa do Deputado Eros Biondini, por um momento a serem mais que políticos, a serem estadistas! O Estadista sacrifica o momento pelo Futuro! Sacrifiquem o conforto (pois falar deste assunto trás desconforto), sacrifiquem se preciso for, seus votos, e se preciso for, sacrifiquem até seus mandatos PELOS NOSSOS FILHOS E GERAÇÕES FUTURAS! Freud diz que tudo que uma criança, vê, ouve e sente, fará parte da construção do seu caráter e personalidade no futuro.

Não a homofobia! Mas também não a concessão de direitos que geram mais DISCRIMINAÇÃO e SEGREGAÇÃO!

Apelo hoje aos Nomes que passarei a citar, para que quebrem as barreiras, e as diferenças caso hajam, porque mais são os propósitos que nos unem do que os que nos separam.

– Pr. José Wellington Bezerra da Costa, Presidente da CGADB;
– Bispo Manoel Ferreira, Presidente da Assembléia de Deus de Madureira;
– Pr. Dr. Samuel Ferreira, Presidente da AD Bras;
– Pr. Dr. Abner Ferreira, Presidente da AD Madureira RJ;
– Pr. Silas Malafaia, Presidente da AD Vitoria em Cristo;
– Pr. Jabes de Alencar, Presidente do Conselho de Pastores de SP e AD Bom Retiro;
– Pr. Samuel Camara, Lider da AD Belem e Presidente da Rede de Comunicação Boas Novas;
– Missionário RR Soares, Lider da Igreja da Graça;
– Apóstolo Valdemiro Santiago, Lider da Igreja Mundial do Poder de Deus;
– Apóstolo Rene Terra Nova, ministério Internacional da Restauração;
– Apóstola Valnice Milhomens, líder da Igreja Nacional do Senhor Jesus Cristo;
– Apóstolo Marcio Valadão, da Batista da Lagoinha;
– Pr. Jorge Linhares, da Batista do Getsemani;
– Pr. e Deputado Mario de Oliveira, Lider da Igreja do Evangelho Quadrangular;
– Pr. Cesino Bernardino, presidente dos Gidões Missionários da Ultima Hora;
– Pr. Reuel Bernardino, vice presidente dosGideões Missionários da Ultima Hora;
– Apóstolo Estevam Hernandes e Bispa Sonia Hernandes da Igreja Renascer;
– Bispo Robson Rodovalho, da igreja Sara Nossa Terra;
– Pr. Fad Farad, Lider do Ministerio da Fé;
– Apóstolo Ezequiel Teixeira, Lider da igreja de Vida Nova de Iraja;
– Pr. Marcos Gregório, Lider do Ministério Apascentar;
– Pr. Simonton, Lider da Comunidade Praia da Costa;
– Apóstolo Cesar Augusto, da igreja Fonte da Vida;
– Apóstolo Sinomar, Lider da Igreja luz para os povos;
– Apóstolo Doriel, líder da Casa da Benção;
– Pr. Aguiar Valvassoura, líder da Igreja do Nazareno;
– Pr. Aloisio Silva, líder da Igreja Videira em Goiania;
– Bispo Macedo, líder da Igreja Uiversal do Reino de Deus;
– Pastores Custódio Rangel e Altomir, lideres da ADHONEP,
– Bispo João Carlos Lopes – Presidente do Colégio Episcopal Metodista;
– Rev. Obedis Ferreira da Cunha Jr. – Pr. Titular da Igr. Presbiteriana Nacional;
– Rev. Roberto Brasileiro Silva – Pres. Da Igr. Presbiteriana do Brasil;
– Pr. José Carlos da Silva – Pres. Da Convenção Batista Nacional;
– Pr. Egon Kopereck – Pres. Da Igr. Evangélica Luterana do Brasil;
– Pastores: Junior de Souza; Paulo Marcelo; Napoleão Falcão; Abilio Santana; Geziel Gomes; Adeildo Costa; Carvalho Junior; Aldery Nelson; Yossef Akiva; Gilmar Santos; Gilvan Rodrigues, pregadores das grandes massas e formadores de opinião;

– a todos os conselhos de pastores do Brasil, bem como todas as denominações evangélicas, pentecostais, neo pentecostais, ortodoxos, carismáticos, históricos, todos os pastores e obreiros;

– Rev. Adail Carvalho Sandoval, presidente Sociedade Biblica do Brasil;
– Dom Raimundo Damasceno – Presidente da CNBB –Conferencia nacional dos Bispos do Brasil,
– Dom Odilio Scherer, Arcebispo de São Paulo;
– Pe. Jonas Abibe, Presidente da TV Canção Nova;
– Conselho Episcopal da Igreja Católica e todas as suas circunscrições Eclesiasticas; seus bispos, cardeais, bispos, arcebispos, padres, presbíteros e diáconos e todos os religiosos e religiosas;

Fico Imaginando uma reunião com todos estes guerreiros, onde com uma visão, uma determinação, e liderança, poderemos resgatar as diretrizes do moral, do ético, dos bons costumes e mais, mostrar que pela Familia Brasileira quebramos as barreiras interdenominacionais. Estes homens e mulheres juntos, podem mobilizar 95% da população brasileira! Ainda da tempo. É possível!

Faço aqui meu humilde pronunciamento implorando que minha voz seja ouvida.

Obrigado.

Pastor Marco Feliciano
Deputado Federal

Pronunciamento do Deputado Pastor Marco Feliciano Realizado nesta Tarde dia 24/11/2011 na Câmara Federal

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) ficou indignado com as declarações do Papa Bento XVI contra o homossexualismo e comparou o pontífice aos nazistas e ainda o chamou de genocida.

“O papa suspeito e acusado de ser simpático ao nazismo disse que o casamento civil igualitário é uma ameaça à humanidade. Ameaça ao futuro da humanidade são o fascismo, as guerras religiosas, a pedofilia e os abusos sexuais praticados por membros da Igreja e acobertados por ele mesmo”.

A resposta foi dada em relação aos recentes comentários de Bento XVI que afirmou que o casamento gay é uma ameaça e coloca em xeque “o próprio futuro da humanidade”. O líder da Igreja Católica ainda afirmou a relação homoafetiva atrapalha na educação das crianças que precisam de ambientes adequados. “O lugar de honra cabe à família, baseada no casamento de um homem com uma mulher”, disse ele.

Mas o deputado brasileiro, um dos principais defensores da causa LGBT se incomodou com a maior autoridade do Vaticano e protestou dizendo que Bento XVI é como “genocida em potencial”. “Espero que os estados laicos do Ocidente não cedam à pressão desse genocida em potencial”.

Wyllys foi mais longe e comparou o sacerdote aos nazistas. “O papa suspeito e acusado de ser simpático ao nazismo disse que o casamento civil igualitário é uma ameaça à humanidade. Ameaça ao futuro da humanidade são o fascismo, as guerras religiosas, a pedofilia e os abusos sexuais praticados por membros da Igreja e acobertados por ele mesmo”.

Fonte: Jornal do Brasil

Um amplo estudo publicado este mês aponta que o número total de cristãos em todo o mundo é de 2,180 bilhões, ou 31,7% – da população global, quase um terço dos estimados 7 ​​bilhões de habitantes do planeta.

“Os cristãos também estão geograficamente espalhados e, de fato, nenhum continente ou região pode ter a pretensão de ser o centro do cristianismo mundial”, diz o relatório do Pew Research Center.

O cristianismo ainda é a religião mais numerosa do mundo, mas há um século, dois terços deles estavam concentrados na Europa. Hoje eles estão espalhados por todo o mundo.

Quase 34% pode ser encontrado nas Américas, 26% está na Europa, enquanto 23,6% vive na África subsaariana e 13,1% na Ásia. Apenas 0,6% são do Oriente Médio e do Norte da África.

“O cristianismo de hoje é verdadeiramente uma fé global”, indica o Pew Research Center no relatório produzido pelo instituto de pesquisas e intitulado “cristianismo Global”.

Metade de todos os cristãos são católicos, enquanto 36,7% são protestantes (também chamados de evangélicos) e 11,9% são ortodoxos.

Estados Unidos, Brasil e México lideraram a lista das nações com o maior número de cristãos, com Rússia, Filipinas e Nigéria tendo o maior número na Europa, Ásia-Pacífico e África, respectivamente.

Alguns números certamente serão questionados e não poderão ser confirmados nem desmentidos. Por exemplo, a China oficialmente não divulga os números de religiosos, por ser um país comunista e ateísta. Mas estima-se que hoje seja a terceira maior população cristã do planeta.

O relatório completo do Pew Research Center disse que baseou suas conclusões principalmente na análise dos números de cada país, usando cerca de 2.400 fontes, incluindo os recenseamentos oficiais e dados de igrejas.

A versão completa (130 páginas) pode ser lida em inglês no site: www.pewforum.org

Fonte: Traduzido e adaptado por Gospel Prime de France 24 e Pew Forum

A Igreja Apostólica Ministério Resgatar deseja a todos um ano de 2012 cheio da manifestação de Deus em sua vida e que este ano que se inicia, seja o Ano Profético do Mover de Deus em sua vida… declararemos neste ano de 2012, que ele será o Ano do Governo Profético de Deus, pois, sempre que a bíblia fala de doze, fala como representação de governo… é assim ao longo de toda a história da bíblia, e desejamos ardentemente que Deus governe nossos dias, assim como declaramos em nossa oração do pai nosso: “Seja feita a tua vontade (Governo) aqui na terra, assim como ela é feita nos céus”, declaramos bem alto “GOVERNA-NOS SENHOR JESUS”.

Feliz ano de 2012
este são os votos do Pastor Edimilson Gonzaga e família (Miracelma Gonzaga, Hiel Baruc e Darah Agnes) a todos que nestes anos contribuíram para que esta Igreja estivesse sendo o canal de Deus pra abençoar você e sua família…

Deus os Abençoe, Jesus os Proteja e o espirito Santo os guie em triunfo até o dia de Cristo Jesus…

Bp Manoel Ferreira é acusado de profanar púlpito da Assembléia de Deus ao permitir que seguidores do Rev. Moon o utilizassem para evento

Em um evento promovido pelos seguidores do Reverendo Moon, que se considera um Messias, na Assembléia de Deus de Brasília, Ministério de Madureira, o púlpito da igreja foi utilizado como palco e gerou protestos.

Inconformado com o que chamou de profanação, o Pastor Enoque Lima postou um vídeo no YouTube protestando contra a atitude do Bispo Manoel Ferreira, que permitiu a realização do “Global Peace Festival” (Festival da paz mundial, em tradução livre), organizado pelos adeptos de Moon no templo da Igreja da Baleia, como é conhecida a AD Brasília.

Na opinião do Pastor Enoque, “esse festival da paz é na verdade, uma estratégia do filho do Reverendo Moon para trazer a mensagem diabólica, infernal, sobre seu pai, dizendo ser ele o verdadeiro Messias”.

O blogueiro Júlio Severo publicou artigo afirmando que o Pastor Enoque faz um “alerta importante no vídeo para que outros pastores da Assembleia de Deus Ministério Madureira não se deixem enganar pela apostasia que se iniciou em sua denominação, mas abram a boca para denunciar e alertar suas congregações”.

Segundo Severo, Ferreira e Moon o procuraram para avisar que poderão adotar medidas nacionais e internacionais contra a exibição do vídeo que ele está ajudando a divulgar. O blogueiro pede ainda que “baixem e copiem este vídeo antes que os seguidores do Rev. Moon e Manoel Ferreira consigam removê-lo judicialmente do YouTube”.

Assista ao vídeo do Pastor Enoque Lima:

Fonte: http://reverendoalexander.blogspot.com

Martin Luther King (1929-1968)

Publicado: 21/12/2011 em Categórias

Martin Luther King , Jr. (Atlanta, 15 de janeiro de 1929 — Memphis, 4 de abril de 1968) foi um pastor protestante e ativista político estadunidense. Tornou-se um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos, e no mundo, com uma campanha de não violência e de amor ao próximo. Ele foi a pessoa mais jovem a receber o Prémio Nobel da Paz em 1964, pouco antes de seu assassinato. Seu discurso mais famoso e lembrado é “Eu Tenho Um Sonho”.

Em 1955, Rosa Parks, uma mulher negra, se negou a dar seu lugar em um ônibus para uma mulher branca e foi presa. Os líderes negros da cidade organizaram um boicote aos ônibus de Montgomery para protestar contra a segregação racial em vigor no transporte. Durante a campanha de um ano e dezesseis dias, co-liderada por Martin Luther King, muitas ameaças foram feitas contra a sua vida, foi preso e viu sua casa ser atacada. O boicote foi encerrado com a decisão da Suprema Corte Americana em tornar ilegal a discriminação racial em transporte público.

Depois dessa batalha, Martin Luther King participou da fundação da Conferência de Liderança Cristã do Sul (CLCS, ou em inglês, SCLC, Southern Christian Leadership Conference), em 1957. A CLCS deveria organizar o ativismo em torno da questão dos direitos civis. King manteve-se à frente da CLCS até sua morte, o que foi criticado pelo mais democrático e mais radical Comitê Não Violento de Coordenação Estudantil (CNVCE, ou em inglês, SNCC, Student Nonviolent Coordinating Committee). O CLCS era composto principalmente por comunidades negras ligadas a igrejas batistas. King era seguidor das ideias de desobediência civil não violenta preconizadas por Mohandas Gandhi (líder político indiano também conhecido como Mahatma Gandhi) e aplicava essas ideias nos protestos organizados pelo CLCS. King acertadamente previu que manifestações organizadas e não violentas contra o sistema de segregação predominante no sul dos Estados Unidos, atacadas de modo violento por autoridades racistas e com ampla cobertura da mídia, iriam criar uma opinião pública favorável ao cumprimento dos direitos civis; essa foi a ação fundamental que fez do debate acerca dos direitos civis o principal assunto político nos Estados Unidos a partir do começo da década de 1960.

Martin Luther King Jr. profere o seu famoso discurso “Eu tenho um sonho” em março de 1963 frente ao Memorial Lincoln em Washington, durante a chamada “marcha pelo emprego e pela liberdade”.

Ele organizou e liderou marchas a fim de conseguir o direito ao voto, o fim da segregação, o fim das discriminações no trabalho e outros direitos civis básicos. A maior parte destes direitos foi, mais tarde, agregada à lei estado-unidense com a aprovação da Lei de Direitos Civis (1964), e da Lei de Direitos Eleitorais (1965).

King e o CLCS escolheram com grande acerto os princípios do protesto não violento, ainda que como meio de provocar e irritar as autoridades racistas dos locais onde se davam os protestos – invariavelmente estes últimos retaliavam de forma violenta. O CLCS também participou dos protestos em Albany (Alabama) (1961-2), que não tiveram sucesso devido a divisões no seio da comunidade negra e também pela reação prudente das autoridades locais; a seguir, participou dos protestos em Birmingham (1963) e do protesto em St. Augustine, na Flórida (1964). King, o CLCS e o CNVCE uniram forças em dezembro de 1964, no protesto ocorrido na cidade de Selma (Alabama).

Em 14 de outubro de 1964, King se tornou a pessoa mais jovem a receber o Nobel da Paz, que lhe foi outorgado em reconhecimento à sua nação e à sua liderança na resistência não violenta e pelo fim do preconceito racial nos Estados Unidos.

Com colaboração parcial do CNVCE, King e o CLCS tentaram organizar uma marcha desde Selma até a capital do Alabama, Montgomery, a ter início dia 25 de março de 1965. Já haviam ocorrido duas tentativas de promover esta marcha, a primeira em 7 de março e a segunda em 9 de março.

Na primeira, marcharam 525 pessoas por apenas seis blocos; a intervenção violenta da polícia interrompeu a marcha. As imagens da violência foram transmitidas para todo o país e o dia ganhou o apelido de Domingo Sangrento. King não participou dessa marcha: encontrava-se em negociações com o presidente estado-unidense e não deu sua aprovação para a marcha tão precoce.

A segunda marcha foi interrompida por King nas proximidades da ponte Pettus, nos arredores de Selma, uma ação que parece ter sido negociada antecipadamente com líderes das cidades seguintes. Esse ato causou surpresa e indignação em muitos ativistas locais.

A marcha, finalmente, se completou na terceira tentativa (25 de março de 1965), com a permissão e apoio do presidente Lyndon Johnson. Foi durante esta marcha que Stokely Carmichael (futuro líder dos Panteras Negras) criou a expressão “Black Power”.
Antes, em 1963, King foi um dos organizadores da marcha em Washington, que, inicialmente, deveria ser uma marcha de protesto, mas, depois de discussões com o então presidente John F. Kennedy, acabou se tornando quase que uma celebração das conquistas do movimento negro (e do governo) – o que irritou bastante ativistas mais radicais e menos ingênuos.

A partir de 1965, o líder negro passou a duvidar das intenções estado-unidenses na Guerra do Vietnã. Em fevereiro e, novamente, em abril de 1967, King fez sérias críticas ao papel que os Estados Unidos desempenhavam na guerra. Em 1968, King e o SCLC organizaram uma campanha por justiça sócioeconômica, contra a pobreza (a “Campanha dos Pobres”), que tinha por objetivo principal garantir ajuda para as comunidades mais pobres do país.

Também deve ser destacado o impacto que King teve nos espetáculos de entretenimento popular. Ele conversou com a atriz negra do seriado Star Trek original, Nichelle Nichols, quando ela ameaçava sair do programa. Nichelle acreditava que o papel não estava ajudando em nada sua carreira e que o estúdio a tratava mal, mas King a convenceu de que era importante para o negro ter um representante num dos programas mais populares da televisão.

Martin Luther King era odiado por muitos segregacionistas do sul, o que culminou em seu assassinato no dia 4 de abril de 1968, momentos antes de uma marcha, num hotel da cidade de Memphis. James Earl Ray confessou o crime, mas, anos depois, repudiou sua confissão. Encontra-se sepultado no Centro Martin Luther King Jr., Atlanta, Fulton County, Geórgia (Estados Unidos) nos Estados Unidos.[1] A viúva de King, Coretta Scott King, junto com o restante da família do líder, venceu um processo civil contra Loyd Jowers, um homem que armou um escândalo ao dizer que lhe tinham oferecido 100 000 dólares pelo assassinato de King.

Em 1986, foi estabelecido um feriado nacional nos Estados Unidos para homenagear Martin Luther King, o chamado Dia de Martin Luther King – sempre na terceira segunda-feira do mês de janeiro, data próxima ao aniversário de King. Em 1993, pela primeira vez, o feriado foi cumprido em todos os estados do país.

Tradução de parte do discurso “I Heve a Dream” de Martin Luther King

Eu digo a você hoje, meus amigos, que embora nós enfrentemos as dificuldades de hoje e amanhã. Eu ainda tenho um sonho. É um sonho profundamente enraizado no sonho americano.

Eu tenho um sonho que um dia esta nação se levantará e viverá o verdadeiro significado de sua crença – nós celebraremos estas verdades e elas serão claras para todos, que os homens são criados iguais.

Eu tenho um sonho que um dia nas colinas vermelhas da Geórgia os filhos dos descendentes de escravos e os filhos dos desdentes dos donos de escravos poderão se sentar junto à mesa da fraternidade.

Eu tenho um sonho que um dia, até mesmo no estado de Mississippi, um estado que transpira com o calor da injustiça, que transpira com o calor de opressão, será transformado em um oásis de liberdade e justiça.

Eu tenho um sonho que minhas quatro pequenas crianças vão um dia viver em uma nação onde elas não serão julgadas pela cor da pele, mas pelo conteúdo de seu caráter. Eu tenho um sonho hoje!

Eu tenho um sonho que um dia, no Alabama, com seus racistas malignos, com seu governador que tem os lábios gotejando palavras de intervenção e negação; nesse justo dia no Alabama meninos negros e meninas negras poderão unir as mãos com meninos brancos e meninas brancas como irmãs e irmãos. Eu tenho um sonho hoje!

Eu tenho um sonho que um dia todo vale será exaltado, e todas as colinas e montanhas virão abaixo, os lugares ásperos serão aplainados e os lugares tortuosos serão endireitados e a glória do Senhor será revelada e toda a carne estará junta.

Esta é nossa esperança. Esta é a fé com que regressarei para o Sul. Com esta fé nós poderemos cortar da montanha do desespero uma pedra de esperança. Com esta fé nós poderemos transformar as discórdias estridentes de nossa nação em uma bela sinfonia de fraternidade. Com esta fé nós poderemos trabalhar juntos, rezar juntos, lutar juntos, para ir encarcerar juntos, defender liberdade juntos, e quem sabe nós seremos um dia livre. Este será o dia, este será o dia quando todas as crianças de Deus poderão cantar com um novo significado.

“Meu país, doce terra de liberdade, eu te canto.

Terra onde meus pais morreram, terra do orgulho dos peregrinos,

De qualquer lado da montanha, ouço o sino da liberdade!”

E se a América é uma grande nação, isto tem que se tornar verdadeiro.

E assim ouvirei o sino da liberdade no extraordinário topo da montanha de New Hampshire.

Ouvirei o sino da liberdade nas poderosas montanhas poderosas de Nova York.

Ouvirei o sino da liberdade nos engrandecidos Alleghenies da Pennsylvania.

Ouvirei o sino da liberdade nas montanhas cobertas de neve Rockies do Colorado.

Ouvirei o sino da liberdade nas ladeiras curvas da Califórnia.

Mas não é só isso. Ouvirei o sino da liberdade na Montanha de Pedra da Geórgia.

Ouvirei o sino da liberdade na Montanha de Vigilância do Tennessee.

Ouvirei o sino da liberdade em todas as colinas do Mississipi.

Em todas as montanhas, ouviu o sino da liberdade.

E quando isto acontecer, quando nós permitimos o sino da liberdade soar, quando nós deixarmos ele soar em toda moradia e todo vilarejo, em todo estado e em toda cidade, nós poderemos acelerar aquele dia quando todas as crianças de Deus, homens pretos e homens brancos, judeus e gentios, protestantes e católicos, poderão unir mãos e cantar nas palavras do velho spiritual negro:

“Livre afinal, livre afinal.

Agradeço ao Deus todo-poderoso, nós somos livres afinal.”

28 de agosto de 1963

“Adoro falar sobre aborto, planejamento familiar. Não é pra contrariar a Igreja Católica, mas pra ajudar as pessoas…” assim fala no vídeo o Bispo Edir Macedo, líder máximo da Igreja Universal do Reino de Deus, tocando em um assunto delicado no Brasil.

Segundo a Wikipédia um aborto ou interrupção da gravidez é a remoção ou expulsão prematura de um embrião ou feto do útero, resultando na sua morte ou sendo por esta causada. Isto pode ocorrer de forma espontânea ou artificial, provocando-se o fim da gestação, e conseqüentemente o fim da vida do feto, mediante técnicas médicas, cirúrgicas entre outras.

——-

Indo para dentro da bíblia nós temos um grande testemunho que contradiz as declarações de Edir Macedo, estamos falando de uma criança que veio de um pai e uma mãe pobre, porém cheio do Espírito Santo de Deus, estamos falando de “Jesus”. Ele não tinha onde nascer, nasceu numa manjedora. O livro de Mateus, regista que José é avisado em sonhos a respeito de um plano de Herodes para matar Jesus (Herodes manda matar todas as crianças de Belém do sexo masculino de dois anos para baixo), então José foge com Maria e o menino para o Egito. Más Deus tinha um grande plano e não deixou que Jesus fosse morto. Quantos planos Deus ainda tem na vida de nossas crianças que ainda irão nascer?

Edir Macedo está se esquecendo em suas declarações que hoje em dia há vários modos se previnir e de ter-se um ótimo planejamento familiar, sem precisar do aborto, é só se previnir. Existem anticocepcionais de todos os modelos e marcas a venda legalmente nas farmácias de todo o Brasil.

——-

No Brasil o aborto é tipificado como crime contra a vida pelo Código Penal Brasileiro, prevendo detenção de 1 a 10 anos, de acordo com a situação.

O artigo 128 do Código Penal dispõe que não se pune o crime de aborto nas seguintes hipóteses: Quando não há outro meio para salvar a vida da mãe; Quando a gravidez resulta de estupro.

Em ano de Eleição, a polêmica do aborto e casamento homossexual também gera promessas de candidatos aos cristãos, como no caso de Dilma Rousseff que escreveu uma “Carta aberta ao povo de Deus” onde empurra para o Congresso Nacional a responsabilidade sobre estas questões.

“Se o homem gerar cem filhos, e viver muitos anos, e os dias dos seus anos forem muitos, e se a sua alma não se fartar do bem, e além disso não tiver sepultura, digo que um aborto é melhor do que ele.” Eclesiastes 6:3, embasado neste versículo o Bispo Macedo fala sobre seu apoio ao aborto, e diz ser o aborto uma questão de inteligência, de razão e não de fé.

“Eu sou a favor do aborto sim, e digo isso em alto e bom som, e se eu estou pecando, eu cometo esse pecado consciente, sim!” diz o Bispo.

No vídeo, Bispo Macedo fala sobre sua opinião e em momento algum fala sobre seu apoio ao aborto como sendo regra da Igreja Universal e de seus membros.

Confira o vídeo sobre Edir Macedo e o Aborto na íntegra:

Billy Graham é um dos pastores mais conhecidos do mundo. Ele comemorou seu 93º aniversário no dia 7 de novembro e foi homenageado por diversos líderes que foram alcançados, de alguma forma, por suas mensagens.

“Feliz aniversário, e obrigado por tudo que tem feito e continua a fazer. É mais amado do que sabe”, escreveu Shawn Werre na página do evangelista no Facebook

Apesar da idade avançada Graham lançou recentemente mais um livro, “Nearing Home: Life, Faith, and Finishing Well” [Próximo do Lar Celestial: Vida, Fé e Acabar Bem] onde ele comenta sobre o envelhecimento e confessa as dificuldades que tem tido.

“Eu nunca pensei viver até esta idade. Toda a minha vida me ensinaram como morrer porquanto Cristão, mas nunca alguém me ensinou como deveria viver nos anos antes de eu morrer”, diz ele no livro.

Graham confessa que gostaria de ter ouvido falar como deveria viver nos últimos anos de vida. “Desejava que o fizessem, pois agora sou um homem velho, e acreditem, não é fácil,” confessa ele no livro que não é voltado só para idosos, mas também para todas as fases da vida.

Biblicamente ele relata que o Livro Sagrado não encobre os problemas que enfrentamos quando envelhecemos e “também não pinta a velhice como um tempo para ser desprezado ou um fardo para ser suportado com os dentes cerrados”, escreve o pastor que lembra que a Bíblia também não retrata os nossos últimos anos como “inúteis e ineficazes”, mas em vez disso ela “diz que Deus tem um motivo para nos manter aqui”.

Graham foi ordenado Convenção Batistas do Sul dos Estados Unidos em 1939 e ao longo desses anos pregou para mais de 210 milhões de pessoas em mais de 185 países. Sua última cruzada aconteceu em 2005, mas suas mensagens continuam sendo propagadas pela Associação Evangelística Billy Graham que agora também disponibiliza pregações online.

Diante dessa novidade o pastor batista se mostrou maravilhado em poder continuar a servir a Deus mesmo nos últimos anos de vida. “Estou ansioso por ver como Deus ainda me pode usar para O servir nestes últimos anos”, disse ele.

Fonte: Gospelprime

Dia da Bíblia

Publicado: 12/11/2011 em Categórias

Celebrado no segundo domingo de dezembro, o Dia da Bíblia foi criado em 1549, na Grã-Bretanha pelo Bispo Cranmer, que incluiu a data no livro de orações do Rei Eduardo VI. O Dia da Bíblia é um dia especial, e foi criado para que a população intercedesse em favor da leitura da Bíblia. No Brasil a data começou a ser celebrada em 1850, quando chegaram da Europa e EUA os primeiros missionários evangélicos. Porém, a primeira manifestação pública aconteceu quando foi fundada a Sociedade Bíblica do Brasil, em 1948, no Monumento do Ipiranga, em São Paulo (SP).

E, graças ao trabalho de divulgação das Escrituras Sagradas, desempenhado pela entidade, o Dia da Bíblia passou a ser comemorado não só no segundo domingo de dezembro, mas também ao longo de todas a semana que antecede a data. Desde dezembro de 2001, essa comemoração tão especial passou a integrar o calendário oficial do país, graças à Lei Federal 10.335, que instituiu a celebração do Dia da Bíblia em todo o território nacional.

Hoje, as celebrações se intensificaram e diversificaram. Realização de cultos, carreatas, shows, maratonas de leitura bíblica, exposições bíblicas, construção de monumentos à Bíblia e distribuição maciça de Escrituras são algumas das formas que os cristãos encontraram de agradecer a Deus por esse alimento para a vida.

fonte: SBB

O menino Thomas Lobel, 11 anos, da Califórnia, iniciou a três anos um tratamento para mudança de sexo,com direito a tratamento à base de hormônios.

Filho de um casal de lésbicas, Pauline Moreno e Debra Lobel, elas defendem a decisão do garoto, segundo elas a primeira coisa que ele aprendeu a falar foi “Sou uma menina”.

Thomas, que agora se chama Tammy, quando tinha 7 anos de idade ameaçou mutilar o próprio pênis, sendo isso um dos motivos que sua mães o incentivaram a mudança de sexo, além de acreditarem que quanto mais cedo começar o processo de mudança de sexo, melhor pois na puberdade seria mais complicado, pois na puberdade é que o numero de suicidas com transtorno de identidade de gêneros é maior.

O casal tem enfrentado críticas intensas de amigos e familiares, a Sra. Moreno disse ao MailOnline.

“Todo mundo ficou com raiva de nós. “Como você poderem estar fazendo isso? Você pode estar destruindo toda vida dele!”

Quando Tammy fez 8 anos, foi implantando em seu braço esquerdo uma medicação, que impedirá o desenvolvimento de ombros largos, voz grave e pelos faciais, além de dar mais tempo para ele decidir se é isso mesmo que quer. Caso decida parar de tomar a medicação será possível passar pela puberdade como um garoto normal, sem afetar sua fertilidade. Caso escolha tornar-se uma mulher definitivamente, os remédios ajudaram no desenvolvimento de características físicas femininas, como o crescimento de seios.

Fonte: Portal Padom